É abusivo o preço das bicicletas?

Muitos acreditam que as bicicletas hoje em dia possuem valores abusivos e fora da realidade.

É abusivo o preço das bicicletas?

Mas será que são mesmo?

Veja 3 contra-argumentos:

1. Não existe abuso se você não é obrigado a comprar!

Pode parecer meio rude, mas é a verdade. Para algo ser considerado abusivo é preciso que exista um monopólio do mercado ou necessidade real de adquirir o produto. Nem você, nem ninguém vai morrer se não comprar aquela sonhada bike.

2. Preço é diferente de valor.

Pode parecer que é a mesma coisa, mas não é. A percepção de valor é relativa. Vamos usar um exemplo fácil de entender. Se você está no mercado do seu bairro e a garrafa de água está sendo vendida por 15 reais você claramente vai achar um absurdo e não vai comprar. Mas se você estiver no meio do deserto do Atacama há 2 dias sem beber água e tem alguém vendendo a mesma garrafa de água pelos mesmos 15 reais, você não vai pensar 2 vezes antes de comprar.

3. A tecnologia usada nas bikes precisa ser forte e leve.

Os componentes das bikes precisam ser mais leves e mais fortes do que os componentes de uma moto, por exemplo. As bikes mais modernas precisam suportar pesos e forças muito grandes e serem extremamente leves, o que demanda materiais mais complexos e maior investimento em pesquisas, estudos e testes, logo, mais tecnologia.